Cantinho do Pirralho

[Cantinho do Pirralho] TOP 10 casais LGBT (nas comics)

fevereiro 13, 2017


O mês de S.Valentim chegou, pelo que nada melhor que presentearmos os nossos leitores e leitoras com um TOP 10 casais LGBT. O TOP refere-se exclusivamente a personagens das comics, ficando de fora os jogos de vídeo, cinema ou anime.
 
Esperamos que gostem.
 
Boa Leitura!
 

 
10 – Harley Quinn e Poison Ivy


Melhores amigas, companheiras inseparáveis e amantes ocasionais, Quinn e Ivy encontraram-se pela primeira vez no episódio 47 de Batman Animated Series, em 1993. Esse seria o primeiro passo para elas se tornarem um dos mais reconhecíveis duos das comics, partilhando as páginas de inúmeras revistas, entre elas Gotham Sirens e a mais recente Harley Quinn.

 

9 – Batwoman e Rénee Montoya
 


Este é um casal difícil, tantas foram as vezes que terminaram, apenas para voltarem a começar outra vez. Reencontrando-se aquando do regresso de Kane (Batwoman) a Gotham, nas páginas de 52 #7, em 2006, as duas reatariam o romance condenado ao fracasso… Rénee e Kane voltariam a terminar, com Montoya a optar por assumir a identidade heróica de um dos seus melhores amigos, Vic Sage, a.k.a Question.

 

8 – Northstar e Kyle


Este foi o primeiro casal homosexual a dar o nó no Universo Marvel, mais concretamente nas páginas de Astonishing X-Men # 51 (Vol 3), em 2012, numa cerimónia presidida pelo sempre eloquente Beast.  Para além disso, seria também um dos primeiros relacionamentos abertos entre um humano e um mutante. Apesar dos mutantes viverem tempos atribulados este casal continua junto e forte.

 

7 – Spider-Girl e Sunfire


Ambas conheceram-se em Exiles # 20 (Vol 1), em 2003. Spider-Woman, a.k.a  Mary Jane, e Sunfire, a.k.a Mariko Yashida, lutam lado a lado contra os Vi-Locks numa das muitas Terras alternativas do Multiverso da Marvel (uma espécie de zombies bio-mecânicos), e apaixonam-se durante o conflito. A relação fica num hiato após a partida forçada de Sunfire, em Exiles #22, mas o casal reencontra-se novamente no issue 34. O final não seria contudo feliz, pois Mariko morre em batalha com a Brood Queen, deixando M.J despedaçada...

 

6 – Rictor e Shatterstar


Colegas de equipa na X-Force de Cable, durante anos a fio, o romance entre estes dois bissexuais começaria a dar os seus primeiros passos em X-Force# 16 (Vol 1), em 1996, com Rictor a reagir violentamente após ver Shatterstar ser ferido em batalha com o Wolverine. Shatterstar ajudou Rictor a salvar a sua família no número 36, algo que ajudou a aproximá-los ainda mais. O passo definitivo seria dado em X-Factor # 14 (Vol 3), em 2007, com ambos a trocarem um beijo apaixonado.


5 -  Knockout e Scandal Savage


 
A primeira foi treinada em Apokolips e fugiu para se tornar na auto-nomeada mentora/rival/namorada de Superboy (Kon-El). A segunda é filha de um dos maiores vilões da DC, Vandal Savage. Colegas de equipa nos Secret Six, Knockout e Scandal Savage partilham um amor avassalador. É certo que Knockout seria assassinada, no entanto o amor de Scandal por ela nunca morreu. Scandal tentou até resgatar a amada do Inferno... à la Orfeu.

 

4 – Monsieur Mallah and Brain


Outro casal de vilões e do tipo mais invulgar. Mallah é um gorila falante (e francês) que está perdidamente apaixonado por um cérebro numa jarra... Brain. Inimigos mortais da Doom Patrol e dos Teen Titans, Mallah e Brain não desejam nada mais do que total domínio global e arranjar um corpo para Brain. O duo tem relativo sucesso no segundo caso... Digo relativo porque ambos acabariam por morrer, às mãos de um gorila falante mais poderoso (Grood), durante a série Salvation Run, em 2007.


3 – Wiccan e Hulking



Filhos de grandes heróis como Vision e Scarlet Witch, no caso de Wiccan, e do Captain Marvel original, no caso de Hulking, este é um dos casais mais estáveis do Universo Marvel. Fundadores dos Young Avengers, em 2005, não tardou para que iniciassem uma relação que continua até aos dias de hoje, superando confrontos com Kang, Dr Doom e o Império Skrull.

 

2 -  Mystique e Destiny
 


Duas vilãs, membras da infame Brotherhood of Evil Mutants, a associação de Mystique e Destiny começou bem mais cedo., conforme pode ser visto em X-Treme X-Men #1 (Vol 1), de 2001. Um dos casais mais estáveis das comics, Mystique e Destiny ainda ajudaram a criar a jovem Rogue. Contudo, e como muitos casos nesta lista, a relação terminaria com a morte de uma delas. Neste caso concreto a de Destiny durante o ataque dos Reavers à Muir Island em Uncanny X-men # 255 (Vol 1), de 1989.



1 – Apollo e Midnighter

 



Inspirados nos World’s Greatests (Superman e Batman), Apollo e Midnighter estrearam nas páginas de Stormwatch #4, de 1998. Literalmente o casal mais poderoso da sua Terra, o duo não só é casado, como tem uma filha adoptiva, Jenny Quantum. Fundadores da Stormwatch, o duo ajudou a estabelecer os seus sucessores, a Autorithy.


Menção honrosa para:


Hippolyta e Derione

 


A rainha das Amazonas teve um breve relacionamento com a sua compatriota Derione, conforme foi revelado em Wonder Woman Annual #1, de 2015.


Wonder Woman e Kasia


Provavelmente o primeiro amor da vida de Diana. Ocorreu antes da partida da heroína para a América, conforme o descrito em Wonder Woman # 2 (Vol 5). Convém salientar que na dita história é revelado que este não é o único relacionamento de Diana (ela é pansexual).

 

Storm e Yukio


Amigas de longa data e possíveis amantes ocasionais (embora nunca confirmado). A líder dos X-Men encontrar-se-ia pela primeira vez com a prodigiosa assassina japonesa durante com confronto com a vilã Viper.

 

Hercules e Wolverine
 


Estes dois icónicos heróis são casados numa das muitas realidades alternativas da Marvel, conforme visto na série X-Treme X-Men (Vol 2), de 2012/2013.



Escrito por: Ivo Silva
(podem ler muito mais sobre comics, jogos e demais temas geek no blog: http://culturaeartepop.blogspot.pt/)



Também podes gostar de:

1 comentários

Muito obrigada pelo comentário! Tentarei responder em breve se houver alguma questão premente. ^-^

Beijinhos,
Pirralha