3DS

[Cantinho do Pirralho] Pokémon Shuffle - Review

janeiro 20, 2017


Desenvolvido pela Genius Sonority e disponível para a 3DS desde Fevereiro de 2015, Pokémon Shuffle é um dos melhores free to play games que anda por aí.

Como o nome indica, Shuffle é baseado no popular franchise da Nintendo. Como noutros jogos que usam o nome Pokémon, também aqui a premissa base passa por capturar todos os pokémon.




A forma como a captura é feita é que difere. Aqui o combate directo é substituído por um intenso duelo intelectual, uma vez que este trata-se de um jogo puzzle.

Como tal o objectivo é derrotar o pokémon adversário, reduzindo a sua barra de energia a zeros, através de combinações horizontais. Estas são feitas combinando o mesmo pokémon. Se forem bem efectuadas e se tivermos algum grau de sorte, poderemos conseguir Combos. 

Quantos mais Combos tivermos, maior será a possibilidade de vencermos mais rapidamente o nosso adversário. Geralmente, no duelo com o pokémon adversário temos a possibilidade de escolhermos uma equipa de quatro pokémon, de entre aqueles que já capturamos.


Por vezes, esse número é reduzido para apenas três, dependendo das regras da stage que estivermos a desafiar. Para além dos três pokémons “normais”, temos mais um que pode mega-evoluir se for usado vezes suficientes no campo de batalha. Os pokémons mega-evoluídos são bastante mais poderosos que os outros pokémons e normalmente, quando não estão do nosso lado da contenda isto é, servem de bosses para as diferentes àreas da Main Stage. 

Essencial para a vitória, para além do pensamento rápido, é a escolha do grupo de pokémon adequados a cada inimigo. 



Contudo, e à medida que formos progredindo no jogo, os adversários vão ficando mais fortes e as stages mais desafiantes. Os adversários, em stages mais avançadas podem fazer ataques que passam por congelar os nossos pokémons, substitui-los por blocos de aço, madeira ou mesmo por outros pokémons que lhes causem menos dano.

A adicionar a isso, temos barras de energia mais amplas e limites de tempo, o que faz, sem sombra de dúvida alguma, disparar o nível de dificuldade. No final da batalha e contando que vencemos, não só desbloqueamos a área seguinte no Main Mode, como também temos a possibilidade de capturar o pokémon com o qual acabamos de lutar. 

A nossa prestação irá determinar a probabilidade de o capturar, sendo que podemos ainda recorrer a uma Master Ball (adquiria através do usa das moedas) para tornar a captura mais fácil. Ao vencermos conseguimos ainda dinheiro, essencial para adquirirmos movimentos especiais, desbloquearmos stages extra ou conseguimos mais tempo de jogo. 

Para além do dinheiro, os pokémons ao serviço do jogador são presenteados com um aumento de xp, o qual irá aumentar a sua  capacidade de combate consideravelmente. Outra forma de obter dinheiro reside no Check In diário. 

Por cada dia em que ligarmos o jogo à net ganhamos 500 moedas. Se conseguirmos uma sequência de dias, esse valor pode ascender a 1000 moedas!!! 

Para além das batalhas e do Check In, temos ainda as Shops e as Weekend Shops nas quais é possível não só adquirir dinheiro, como também obter cristais (que permitem-nos ter mais um coração) e corações (que simbolizam o número de vezes que ainda temos para jogar).

O único senão destas lojas virtuais está no facto de termos que gastar o nosso dinheiro real de forma a comprar os itens que elas oferecem.


Como vimos acima, os corações representam o número de vezes que ainda temos para jogar. Cada vez que acedemos a uma stage, vencendo-a ou não, gastamos um coração. Os corações têm a vantagem de serem restabelecidos passado meia-hora, sem nunca ultrapassarem o número de cinco todavia…

Para além do Main Mode, que já de si é extenso, temos outros modos complementares igualmente, se não mais, desafiantes.

No Expert Mode temos que defrontar pokémons em condições extraordinárias, que envolvem tempo bastante reduzido e muitos blocos.



No Special Mode temos pokémons cujas stages podem ser acedidas via o pagamento de uma determinada quantia de moedas  virtuais e  stages com pokémons aleatórios, a Safari. De salientar que é também no Special Mode que volta surge um Meowth endinheirado, o qual é impossível de apanhar, mas que permite aumentar a nossa “conta bancária”.

É através do Special Mode que temos acesso a stages de competição online. Quanto maior for a nossa pontuação nessas stages maior será a nossa possibilidade de conseguirmos itens raros.



Ao fim de termos completado um determinado número de stages no Main Mode, teremos acesso ao
Survival Mode, que como o próprio nome indica desafia-nos para vermos até onde conseguimos chegar sem parar para descansar. O único senão deste modo está no facto de termos que gastar três corações para a jogar.




Graficamente não muito a apontar, pela natureza do género ao qual este título pertence. A música fica no ouvido, mas também não é de todo relevante. O aspecto mais importante de Shuffle e que decerto prenderá os jogadores, está na sua jogabilidade... e essa é excelente.

São fãs de jogos como Puzzle Quest, Tetris ou Columms?
 
Então vão gostar de Pokémon Shuffle!


Escrito por: Ivo Silva
(podem ler muito mais sobre comics, jogos e demais temas geek no blog: http://culturaeartepop.blogspot.pt/)



Também podes gostar de:

0 comentários

Muito obrigada pelo comentário! Tentarei responder em breve se houver alguma questão premente. ^-^

Beijinhos,
Pirralha