Compras

Da Odisseia Ocular: Parte 2!

junho 22, 2015

     Quando era mais pirralhita e tinha uns 7 aninhos descobri que precisava de usar óculos. Como já vos disse num post anterior sempre os adorei, por isso delirei com a ideia. Depois de rodopiar pela loja inteira escolhi uma armação da Benetton (que me fazia parecer a maior nerd da escola - vendo com o olhar de hoje, porque na altura nem sabia o que era isso). Tinha flores por todo o lado e transparência! Eram muito fixes!!!


     Yeah! Vejam só o estilo que eu mandava nos idos anos 90:



     Quando cheguei aos 15 anos, naturalmente, a armação começou a apertar-me imenso, porque não era do meu tamanho. Atirei-a para o fundo duma gaveta e auto-proclamei-me curada!

     Mais tarde fui obrigada pela minha mãe, que não acreditava em mim, a ir ao oftalmologista. Ele lá me disse que realmente tinha havido melhorias e que as minhas dioptrias na altura não justificavam sequer uns óculos de apoio e, portanto, saí de lá sem nada. Fiquei toda contente, pois nessa altura já me tinha apercebido (e bem) de todo o preconceito contra os óculos de sol e não queria ser "caixa de óculos" de novo e ouvir bocas.

     Grande erro.
     3 anos depois tinha a vista cansada, os olhos a arder e, descobri na Multiópticas, precisava de óculos de novo. Mas vá, só uns de leitura, pelo que não teria de andar sempre com eles.

     Suspirei e escolhi uns óculos de massa pretos com o look mais próximo possível do de "bibliotecária sexy" que, infelizmente, pouco usei, pois nunca me lembrava de os colocar a não ser quando já me ardiam os olhos de estar ao PC.


     Depois ficava assim, chateada como vêm na foto, porque mesmo tentando andar com eles o tempo todo não conseguia pois nas escadas davam-me uma distorção (talvez devido a serem de uma distância fixa, de leitura? Talvez devido à armação ser de ponta do nariz e pequenina e eu ter a tendência para olhar por cima e confundir os meus sentidos? Ou ainda talvez a serem apenas lentes de leitura, não indicadas para uso à luz natural? - nunca o saberei) e quase caía delas abaixo.

     Recentemente lá comecei a usar mais esses óculos de apoio, mas mesmo estando no PC ou a ler com eles desde o início os olhos começavam a arder na mesma. Já não faziam efeito algum. Foi aí que decidi abrir os cordões à bolsa e tratar dos meus olhos como deve ser, mas isso será história para outro post.


     Não percam o próximo episódio porque nós também não... ;)

Também podes gostar de:

0 comentários

Muito obrigada pelo comentário! Tentarei responder em breve se houver alguma questão premente. ^-^

Beijinhos,
Pirralha