acessórios

Post "obrigatório" de "Gabanço" AKA: As minhas prendinhas de Natal!

dezembro 25, 2014

     Este ano fui corrida a gorros pelo Natal. Tem uma explicação. Além do facto de eu gostar de acessórios de cabelo e de toda a gente o saber, claro. xD

     É que... Cortei o cabelo. Assim, tipo, mesmo MUITOOOO, mas isso fica para outro post, da minha série "Odisseia Capilar", a fazer mais tarde. Já aprontei tantas, mas tantas ao cabelo entretanto, vamos a ver se me lembro bem da ordem em que fiz as coisas. xD

     Uma amiga recente da família deu-me dois gorros feitos à mão por ela e ainda nos fez uma data de bilharacos quando ouviu a minha avó fizer que este ano não tinha sequer comprado cabaça e que portanto não os íamos ter. Essa sra é um espanto e um amor de pessoa. No meu aniversário fez-me um bolo também! <3




     A mãe do meu parceiro deu-me um desses gorros (um preto com brilhos, perfeito para festas como o Reveillón), e dois pares de meias fofinhas quentinhas, daquelas que têm anti-derrapante na sola exterior, para se poder andar descalça em casa. Uma delas tem uma carinha laroca duma boneca! *.*





     O meu parceiro deu-me um livro de banda desenhada do Wolverine, uma história que assim que possa vou ler pois adoro X-men e, pese embora esta história não ser sobre os X-men é sobre um deles e logo, eu adoro! :D





     A minha avó deu-me um caderninho e uma capa para ele com a Gorjuss, uma das minhas bonecas preferidas, e o genérico do perfume de Dolce & Gabanna, The One. O meu perfume de eleição é o Lolita Lempicka (o primeiro mesmo, aquele floral), mas como já não se encontram genéricos desse perfume e ele é caro ela conseguiu encontrar um parecido. Yay! Mesmo a tempo, porque estava a ficar sem perfume de Inverno.




     A Rackel Avon (de quem já falei aqui) também se lembrou de mim e enviou-me pelo correio um postal e duas prendinhas de Natal!
    Fiquei banzada quando abri e vi que tinha um eyeliner e lápis de olhos da COLORTREND da Avon e um batom da Avon também que é branco. Fiquei como um boi a olhar para um palácio com aquilo na mão até ter experimentado e ter percebido que serve de gloss. OMG, tão giro! Perfeito para o Reveillón! <3 Obrigada, Rackel!







    A minha mãe e o meu irmão, os meus tios e a minha avó deram-me ainda algum dinheiro, que vou guardar e juntar ao que tenho poupado. Preciso de um pé de meia... A crise sente-se cada vez mais e agora estou arrependida de nos outros anos ter gasto sempre algum do dinheiro que me davam em coisas que, apesar de necessárias, não eram essenciais à vida. Se o tivesse guardado ao longo dos anos hoje já tinha dinheiro para comprar um carro. Digo eu, que nem carta tenho, mas vocês percebem o que eu quero dizer... Certo?


     Fora a crise, que se sente cada vez mais, neste Natal destacou-se, finalmente, paz. 

      Foi o primeiro ano em nem eu sei quantos anos em que não houve discussões, em que ninguém se chateou com vivalma. Foi o que eu tinha pedido ao Pai Natal. Paz e Saúde são clichés, mas com uma razão de ser e eu finalmente percebo porquê. São realmente bens essenciais. invisíveis ao olho nú, a uma análise dum comentador político, mas reais e que se sentem.

     Sente-se quando estamos à mesa e já passa da meia-noite e estamos a beber um bom vinho rosé caseiro, a terminar de comer doçarias em amena cavaqueira enquanto se joga ao burro e se tem de destacar alguém como "juíz de linha" para não haver batotas. Sente-se quando um tio me pergunta onde comprei a tinta do meu cabelo, que ele quer usar... na casa dele. xD E quando outro distribui After-Eights a torto e a direito porque recebeu uma caixa enorme e quer partilhar.

     A partilha foi imensa e eu fiquei muito grata. As prendas que recebi foram giras e eu gostei muito. Não digo que não, senão seria uma hipócrita, mas apreciei ainda mais os bons momentos juntos com a minha família. Normalmente estaria a olhar para o tlm a ver se já seriam umas horas decentes para dizer que estava cansada e fugir para o quarto, mas desta vez nem dei pelo tempo passar, de tanto que me diverti!

    Ah, e também me diverti a dar as minhas prendas. A algumas pessoas, como já disse noutro post, não consegui dar nada personalizado e, como estou desempregada e não posso comprar "nada de jeito" que faça falta a alguém (gosto de, e fui criada a dar prendas práticas), colei-me às da minha avó. Mas às outras dei fotos de que já nem se lembravam que eu as tinha tirado, com umas molduras et voilá! - obtive sorrisos a torto e direito. Só tenho pena de não ter podido fazer o mesmo pelos meus tios de França, mas como é raro estarem cá não tenho fotos nenhumas de jeito deles. :c

     Ao meu irmão dei ainda um comando extra para a Playstation 2 dele, para jogarmos finalmente os dois um contra o outro ao mesmo tempo. Comprei um usado, claro. Funciona. Mas não de para jogarmos. Sabem porquê? A entrada do segundo comando, na consola, está avariada. Boa! Dois comandos mas continuamos na mesma a só poder jogar com um. Bah. Mas ainda vou tentar mandar arranjar a consola e ver se isso se resolve. *faz figas*

     E o vosso Natal, como foi? :)

Também podes gostar de:

1 comentários

  1. oh yeah, parece-me que ficaste super bem servida, pirralhita xD

    http://tehteh25.blogspot.com

    xoxo

    ResponderEliminar

Muito obrigada pelo comentário! Tentarei responder em breve se houver alguma questão premente. ^-^

Beijinhos,
Pirralha